DezMistificando

Um espaço de conversa onde o tema é o esoterismo. Há apenas uma regra, descomplicar o complicado! Sintam-se em casa e à-vontade, este espaço é Nosso!

Diz-se tanta coisa sobre a Morte, creio que na maioria das vezes porque a tememos. Mas se de facto a aceitássemos, não seria mais fácil? O que representa a Morte para vós? Que experiência já tiveram e como reagiram? Enfim, creio importante desmistificar este assunto.

Deixo-vos duas citações em que sinto que é dada a importância devida àquilo que mais urgente é - viver aqui e agora.

- Nunca se faz nada da vida.
- Mas ela faz alguma coisa de nós.
- Nem sempre... O que espera você da sua?
- Penso que sei sobretudo o que não espero dela...
- De cada vez que você teve de optar, não se...
- Não sou eu que opto: é aquilo que resiste.
- Mas o quê?
- À consciência da morte.
- A verdadeira morte, é a decadência. É tão mais grave, envelhecer ! Aceitarmos o nosso destino, a nossa função, a casota de cão erguida na nossa vida única... Não se sabe o que é a morte quando se é novo...

André Malraux, in A Estrada Real

A morte não é um acontecimento da vida. A morte não pode ser vivida. Caso se compreenda por eternidade não uma duração temporal infinita, mas a intemporalidade, quem vive no presente é quem vive eternamente. A nossa vida é tanto mais sem fim quanto mais o nosso campo de visão não tem limites.

Ludwig Wittgenstein, in Tratado Lógico-Filosófico

25 experiências partilhadas:

Shin,

Não acredito na Morte enquanto final mas apenas como renovação.
Lá dizia o outro " Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma."

Acredito que assim é. Vivo melhor sabendo que nunca morro, que só me vou transformando...

Nesta e na outra vida. Ou outras.

IdoMind

também acredito que não há morte, isto é, um fim, pois um fim nada mais é que um início em nós!

:)

Olá Shin Tau!

Concordo com IdoMind.......Morte? É a "porta" que inevitávelmente TODOS(AS) iremos passar...

Não tem aquela frase?......."Não somos seres humanos com experiências espirituais, e sim Seres Espirituais com experiência humana."
Pois acredito e tenho certeza do que estou falando... fiz este post: http://marisa-shiroto.blogspot.com/2009/05/eqm-que-eu-vivi-abrindo-meu-coracao.html...... na Isa Grou certa vez, contando de uma experiência que tive...

O apego traz sofrimento... apego as pessoas, coisas, enfim...
Conscientizar-se de que "da mesma maneira que um dia chegamos a este Planeta........um dia iremos deixá-la", é também fundamental...

Beijos queridas.

Querida Isa

bem sabes do que falas, é verdade! Mas por que será que temos tanto medo dela? Seja sobre a nossa própria ou a dos que nos são queridos?

:*

Sabem quem é que tinha um triciclo encarnado, mas com rodas brancas? Eu!!! Que saudades do meu triciclo!

Morte? Qual morte?

Na minha tenra infância senti que a morte podia ser uma coisa bonita, uma transformação, uma mudança de estado. Conhecem a história da pequena sereia (a do Andersen)? Ela teve que escolher entre a vida e a morte. Para viver teria que matar o seu bem amado (que tinha casado com outra). Mas ela escolheu o Amor, e assim entregou-se à "morte". E no momento em que sentiu que tinha chegado a hora, ela foi despedir-se do seu amado que dormia tranquilo e, em paz, transformou-se em espuma do mar e subiu para o céu.

Bem hajam e beijos***deFada

Olá querida Shinita, a Morte é a única certeza que eu tenho em Vida.Para mim é doloroso perder os entes queridos, mas penso que não tenho medo da Morte, porque irei viver para sempre junto de Deus e dos que eu amei nesta Vida.Beijocas.

Tenho tentado ao longo de todos esses anos pensar que tudo não esgota aqui mesmo, mas é um processo de muitos anos.
Confesso que como essa é a única certeza não penso muito nela.
Um beijo

Acho que não tenho medo da minha morte... talvez por sempre ter achado que ia morrer bem velhinha e sem sofrimento (a ver vamos se assim será)!!

Medo da morte dos outros... isso ai já é outra história. Sim, tenho medo que me faltem as pessoas que são o meu pilar, os meus amores, os especiais!!

Fadinha

é isso mesmo! A morte é uma coisa linda, uma transformação. Eu vejo a coisa desta maneira. Há a morte física e a nossa essência, que pode ser representada pela nossa forma física mas etérea, tipo fantasminha, liberta-se. Aí todo o conhecimento adquirido em experiências passadas é integrado e a nossa consciência ampliada...tudo muda!

pOr isso, sim, é como a Sereia! :)

Beijocas fofas

Fatinha

bela certeza essa. Isso é que é importante, é arranjar uma certeza que nos aqueça o coração, pois é fundamental que a morte dos outros não nos afecte muito (afecta sempre).

Beijocas e obrigada pela participação

ISadora

obrigada por participar aqui na conversa. Pois, felizmente há pessoas que não pensam nela e que a tomam como um dado adquirido e com naturalidade, afinal, como disse, é a única certeza.

Assim torna-se mais fácil viver, saber que a qualquer momento ela pode surgir, faz-nos viver mais e melhor. Metade da humanidade crê-se imortal no dia a dia ;)

Abraços

Gaspas

que alegria ver-te por aqui :)

Olha que morte santa desejas para ti, muito boa essa projecção, de certo que será assim.

Quanto ao medo da morte dos outros, que ele não seja muito grande, pois quanto maior for, mais verdadeiro se torna e o Uno tem por princípio fazer-nos ir ao encontro desses medos...

Beijocas gordas

Se diz muitas coisas da morte mas viver este momento é dolorido, talvez ela não exista, talvez seja um aprnedizado, talvez seja tantas outras coisas que um dia quem sabe vamos saber de verdade, paz.
Beijo Lisette

Oi Lisette

é verdade, diz-se muita coisa sobre a morte. A única coisa que sabemos é que ela é garantida, por isso, vamos viver com essa consciência e aproveitar cada momento aqui, pois não sabemos o que está depois dela.

Obrigada pelas palavras e volta sempre :)

que blog incrivel,um parabéns pode parecer muito bobo,...não sei o que dizer..juro...adorei os temas,é como ler um livro bom,assistir,um belo documentario...com a diferença de que tudo é expontâneo,e nada calculado...que deus abençõe vocês,paz,sorrisos,aaahhhh

Ione C. Lima

obrigada pelas doces palavras! Sê bem-vinda e sente-te sempre à vontade para participar, é que aqui gostamos mesmo é de falar ;-)

Um abraço

Esse é um assunto polêmico. Será que tudo se finda depois da morte ?
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa semana para você.
Saudações Educacionais !

A morte é uma coisa tão comum, e por mais que seja assim não conformamos com a perda de alguém amigo ou familiar.

Bom o texto

Abraço

Obrigada pela participação J. Araújo! É bem verdade, por muito natural que seja a dor ainda faz parte do processo. Talvez chegue o tempo em que essa dor será transformada em alegria por ver os que amamos terem terminado a sua jornada aqui...talvez! Talvez consigamos compreender mais facilmente que a nossa dor é puro egoísmo, não por quem partiu mas por nós que cá ficámos.

Até lá, estaremos todos a fazer o mesmo, tentar superar essas perdas.

Volte sempre, foi um prazer falar consigo!

Não tenho medo da morte. Obviamente não me dava jeito nenhum morrer agora... com tanta coisa ainda por fazer :)
Mas eu sempre tive um feeling... que vou morrer muito velhinha :)

A morte dá-se todos os dia na nossa vida, sempre que haja uma mudança existe um renascimento.
Convido-vos a irem ao meu blog e receberem um Selo como prémio ( o premio Dardos ).

Um sopro de felicidade....

Obrigada Jorge pelas palavras sábias e bonitas e pelo prémio, é com muito gosto que o recebemos!

Um abraço

Olá parabéns pelo trabalho e pelo blog. Gostaria que visitasse meu blog que é este: informativofolhetimcultural.blogspot.com
nos siga abraços
Ass: Magno Oliveira

Olá Adoreeei seu blog!

Já estou te seguindo!

Gostariaa que vc tbm fizesse uma visita em meu blog!
http://suspirosdeumamor.blogspot.com/

Abraços mil!

A Safran Maison, uma boutique plena de charme e exotismo sita no Estoril, tem o prazer de a convidar e aos seus leitores a que nos visitem. Oferecemos-lhes a oportunidade única de adquirirem móveis, objectos de decoração e acessórios marroquinos de design exclusivo. E o mais fascinante é que aqui podem encontrar um dos segredos da eterna juventude mais bem guardados do Mundo das Arábias - o óleo de Argan, uma essência natural usada pelas grandes marcas de cosméticos como um dos seus componentes basilares. Aqui tê-lo-ão puro, concentrado ou como ingrediente de outros produtos de beleza 100 % naturais, à base de fragâncias exóticas de um branding exclusivo...

Obrigada! :)

Safran Maison

Av. de Sabóia, nº 737-F 2765-58 Estoril 21 468 25 29
safranmaison@gmail.com

Sobre o Espaço

É um Tempo que não é um tempo, num lugar que não é um lugar, num dia que não é um dia. Estamos no limiar entre os mundos, em frente ao véu dos Mistérios...
Atrevamo-nos a ultrapassá-lo! Em conjunto tudo é mais fácil!

Os Místicos Conversadores

Lugares Místicos

****